Tag Archives: Família

Para minha irmã

24 abr

Ela sabe mais que todo mundo o quanto eu a amo e como a protejo e cuido! Mas isso não basta. O amor, mesmo quando se tem a certeza, é preciso demonstrá-lo diariamente com sorriso, abraço, carinho, olhar, cafuné, conversa, presença… Quem não fica mais feliz ao receber uma mensagem gostosa cheia de palavrinhas doces? Por mais simples que seja, faz o dia ser mais colorido, mais leve. Pois hoje dedico este post à minha irmã. Ao amor que sinto por ela, que ultrapassa qualquer gesto de afeto. Esta é a agenda que ganhou de presente de Natal. Escolhi o tecido da árvore da felicidade. Desejo que ela seja a pessoa mais realizada e feliz, sempre pertinho de mim! <3<3<3

Agenda árvore da felicidade | 13 x 21 cm | Capa dura 1 tecido | acabamento elástico e fita mimosa

Anúncios

Homenagem à avó Carmem

6 fev

Livro de assinaturas clássico | 16 x 32 cm | 20 folhas papel reciclado 180 g | Capa dura 2 tecidos | Costura japonesa em courinho | aba de fechamento com courinho

Álbum clássico | 16 x 32 cm | 20 folhas papel reciclado 180 g | Capa dura 2 tecidos | Costura japonesa em courinho | aba de fechamento com courinho

Dona Carmem é a avó paterna do Klaus. Mas, como somos casados, agora ela também virou minha vovó! Vó Carmem é aquela senhorinha que todo mundo gostaria de ser neto: é linda, cheirosa, está sempre bem vestida e fala lindas palavras de amor para aquecer nossos corações. Em novembro, foi seu aniversário de 88 anos. Meu sogro, que se declara super fã do meu trabalho, pediu que eu fizesse um livro/lembrança com fotos da história de sua mãe. Marcus reuniu fotos e fatos e montamos esse clássico livro de assinaturas, onde filhos, netos, bisnetos, noras, e agregados, puderam escrever doces palavras para a presenteada. Ela adorou! Nós também amamos fazer parte da sua história, vovó Carmem! E a frase que estampa a capa do diário, é a mesma que a do velho diário do vó Ernst, seu marido. “Além das nuvens sempre há o sol”. Não é que ele tem razão? Felicidade sempre!

Minha mama, minha estrela, meu orgulho!

30 jan

Álbum panorâmico verde água poa flor | 32 x 16 cm | 20 folhas papel reciclado 180 g | Capa dura 2 tecidos | costura com fita minosa | guarda estampada

Já falei aqui algumas vezes sobre as oficinas informais da Maria Caderneta. Pois é, vira e mexe tem alguma amiga por perto que coloca a mão na massa. Mas tem uma, em especial, que já nem posso dizer que é aluna, afinal, já tem uma prática nas cadernetas e agrega tanto valor às criações que já podemos chamá-la de mestre dos caderninhos. Brochura é com ela mesma. Minha companheira, parceira de todos os dias, de uma habilidade de invejar aqueles que têm duas mãos esquerdas. Brincadeiras a parte, essa minha parceirinha é minha mama querida, que, além de me ajudar com tudo o que tem a ver com a Maria Caderneta, ela ainda agrega um montão de conhecimento que eu não faço ideia, como os diferentes tipos de bordados, os pontos caseados (que me levaram ao aprendizado da costura longstitch), e os incríveis tecidos exclusivos feitos pela Oficina da Teia (http://oficina-da-teia.blogspot.com), juntamente de sua sócia e amiga Anita (que já colocou, e muito, as mãozitas nos caderninhos – aliás, este álbum foi feito inteiramente pela minha mama para presentear a Anita em seu aniverário). Enfim… minha mãe é a estrelinha que está sempre me guiando e dando muita luz no meu caminho.

Nasce mais uma menininha

13 jul

Livro de assinaturas | 60 páginas | papel vergê | costura longstitch | janela com papel manteiga

E chega ao mundo a pequena Isadora! E a mamãe dela escolheu a Maria pra fazer o livro de assinaturas da pequena. Ela queria lilás e seu pedido foi realizado. E pela primeira vez experimentei o fuxico. Essas experiências sempre agregam mais mimo ao produto, não acham? E quando a Isadora aprender a ler, terá essa linda recordação para treinar as letrinas. Saúde e felicidade para essa família linda!

Não basta ser cão…

6 maio

… tem que entrar no meio da bagunça e participar. A primeira vez que aconteceu isso foi com o meu mais velho, o Max. Não foi muita surpresa, afinal, ele era um lorde e sempre se recusou a deitar no chão. Procurava uma mochila, uma blusa suja jogada no canto, uma caixa de papelão, as vezes tentava até se aconchegar em cima de sapatos. Qualquer objeto no chão, na opinião dele, poderia ser usado de caminha. Mas o que ele gostava mesmo era de um bom e gostoso colinho de mãe. Agora o caçula é bem vira lata. Deita em qualquer lugar. Não quer saber de colo, gosta mesmo é de se deitar no chão esparramado… mas dessa vez foi diferente. Estava eu, cá com minhas baguncitas amadas e eis que ouço um barulhinho vindo da direção da maleta de tecidos. E não é que o tranqueirinha seguiu o cheiro do irmão e fez igual? E dá para brigar com esses bichinhos por eles entrarem onde não devem? Eu não consegui! Eu não consigo! Aliás, já sinto falta do Max dentro da minha maleta!

Olha a cara de quem tá amando o quentindo!!

Max na maleta

Juca na onda do irmão!

E quem ganhou foi a Thaisinha

3 maio

Caderneta A6 poa xadrez | 120 folhas papel reciclado | guarda papel estampado | acabamento elástico e fita de courinho

O gostoso de fazer trabalho manual com tecido, papéis, fitas, laços… é que nenhuma mulher resiste. E as amigas vibram e participam das nossas criações. Tem uma fiel amiga, que eu já falei outras vezes em posts anteriores, que vive demais esse meu mundo das cadernetas. Por vivermos tão juntas, ela está sempre no meio da minha baguncinha do ateliê-móvel (falo isso pq levo meu kit-coisitas pra onde quer que eu vá). E como não estarei presente no aniversário dela, resolvi presenteá-la com uma das últimas criações. Os papel de estrela da guarda é perfeito para uma amiga tão linda e iluminada! Que você seja muito feliz e que suas melhores memórias estampem esse novo companheiro, Tiquita!

Álbum com aba

24 mar

Álbum quadrado | 25 folhas color plus 180g marinho | Capa dura 2 tecidos | Acabamento em cetim e botão

Novidade da Maria… saiu do forno o meu primeiro álbum com aba para fechar e deixar as fotos bem protegidas. Ficou muito charmoso, ainda mais com o botão para enrolar a fita mimosa. Ele já está viajando, a caminho de sua dona, a prima querida de Pinheiral, que vai presentear uma amiga com essa bela lembrança. Espero que sua amiga goste desse mimo o mesmo tanto que eu gostei de fazê-lo!