Tag Archives: Álbum

Maria Cecília nasceu!

22 jun

E com ela nasceu este livro de assinatura cheio de  bonequinhas russas! Camila, a mãe, teve a gravidez dos sonhos. Não passou mal. Não reclamou. Não inchou. Não ficou espinhuda. Não ficou manchada. Não ficou gorda. Era só barriga! Linda, leve e iluminada, toda cheia de graça! E para combinar com o quartinho da Maria, encomendou este modelo 2 em 1, que serve como livro de assinatura e álbum. Ficou um arraso! Quase desisti de entregar para ficar paquerando essa lindeza!! 🙂

Anúncios

Despedida de solteira

14 mar

Álbum A4 | 25 folhas papel color plus preto | Capa dura 2 tecidos | Courinho para fechar

Se tem uma pessoa que muito me ajudou na época em que eu estava organizando meu casório foi a Camilinha. De uma alegria intensa e inabalável, minha amigona dava sempre um empurrãozinho à noiva mais desencanada da história. Ela, que se casou 1 mês depois do meu, ficava na minha cola, fazendo chamada oral das coisas que eu já tinha que ter organizado, sempre me dando boas dicas e dividindo referências bacanas que achava por aí. Quando chegou a vez dela, resolvemos (todas as amigas e madrinhas) fazer um presente único e especial para que ela pudesse guardar na memória e em papéis o registro da noite de despedida de solteira. Contratamos um fotógrafo exclusivo para clicar os momentos da balada de Camilinha. Ela, que gosta pouco de fazer pose, ficou mais serelepa do que de costume com o seu fotógrafo. E era assim que ela falava: “o meu fotógrafo!”. E assim surgiu este álbum para guardar toda a alegria que um bando de mulheres compartilhou num dia mais do que especial!

Álbum lenda

12 mar

Álbum da Renata fazendo pose

Álbum romântico | 72 folhas de papel canson | Costura longstitch | Aba e courinho para fechar

Este álbum foi uma das primeiras encomendas, da época em que eu ainda fazia o curso de encadernação! Considero ele uma lenda, porque demorei muitoooo para fazê-lo. Na verdade, quem me encomendou esta belezura foi a minha-melhor-amiga-morena-mexicana, que foi até a 25, escolheu e comprou o tecido. Mas, por ser uma das minhas melhores amigas, acabou entrando sempre para o final da fila. Ela mesma falava: “Carô, faça as suas encomendas, e, quando der, faça o meu!”. Só que aí, encomenda após encomenda, o álbum dela virou motivo de piada! Até que ela me deu a feliz/triste notícia de que iria se mudar para o México. Feliz porque foi viver ao lado de seu amor novas experiências, e pelas “n” deliciosas mudanças de vida (aliás, quem quiser conhecer um pouco sobre ela e sobre  mudanças de rumo, acesse http://mudancasderumo.wordpress.com). Triste porque perdi uma companheira quase que diária de fofocas, risadas, tosses, alquimias na cozinha, e minha filhota de consideração, que preenchia a sala da minha casa de felicidade e amor! Mas foi por esse motivo, o da despedida, que não pude mais adiar a tal encomenda. E nos 45 do segundo tempo, cheguei no aeroporto para dar tchau. Detalhe: tinha esquecido o álbum no carro. Corre pra cá, corre pra lá e finalmente entreguei o álbum para sua dona, que num mix de surpresa e tiração de sarro, recebeu com muito carinho esse mimo, que agora, vai guardar lembranças, talvez, desta nova vida de Renata!

Minha mama, minha estrela, meu orgulho!

30 jan

Álbum panorâmico verde água poa flor | 32 x 16 cm | 20 folhas papel reciclado 180 g | Capa dura 2 tecidos | costura com fita minosa | guarda estampada

Já falei aqui algumas vezes sobre as oficinas informais da Maria Caderneta. Pois é, vira e mexe tem alguma amiga por perto que coloca a mão na massa. Mas tem uma, em especial, que já nem posso dizer que é aluna, afinal, já tem uma prática nas cadernetas e agrega tanto valor às criações que já podemos chamá-la de mestre dos caderninhos. Brochura é com ela mesma. Minha companheira, parceira de todos os dias, de uma habilidade de invejar aqueles que têm duas mãos esquerdas. Brincadeiras a parte, essa minha parceirinha é minha mama querida, que, além de me ajudar com tudo o que tem a ver com a Maria Caderneta, ela ainda agrega um montão de conhecimento que eu não faço ideia, como os diferentes tipos de bordados, os pontos caseados (que me levaram ao aprendizado da costura longstitch), e os incríveis tecidos exclusivos feitos pela Oficina da Teia (http://oficina-da-teia.blogspot.com), juntamente de sua sócia e amiga Anita (que já colocou, e muito, as mãozitas nos caderninhos – aliás, este álbum foi feito inteiramente pela minha mama para presentear a Anita em seu aniverário). Enfim… minha mãe é a estrelinha que está sempre me guiando e dando muita luz no meu caminho.

Álbum que combina com quarto

10 nov

Renata quando me achou lançou o desafio: fazer um álbum/ livro de assinaturas com o tecido que foi usado na decoração de parede do quarto do nenê. Fiquei um pouco apreensiva no início, pois o tecido era muito grosso. Mas, com paciência e dedicação, conseguimos um resultado final show e com certeza ficou com a cara do ambiente da pequenina que nasceu em setembro.

Álbum lilás | Capa dura | Papel pólen 90g e papel vergê 180g | Costura japonesa

Álbum da Isabella

24 out

Álbum zoo | quadrado | 32x32 cm | capa dura em tecido e papel | 30 folhas color plus 180g coloridas | janela com nome em papel manteiga | costura japonesa

Isabella, bela, belinha… eu conheço essa pequena desde quando ela estava na barriga de uma grande amiga. Eu conversava com ela, beijava a barriga, fazia megafone para ver se a Bellinha fazia alguma demostração de balé e eu pudesse sentir seus pézinhos “deformando” a barriga da mãe-amiga-Amanda. Fui visitá-la 2 vezes no dia em que nasceu tamanha era a vontade de acompanhar de perto essa lindeza. Fazer um álbum para ela foi um prazer, pois pude (re)viver tudo novamente: desde o barrigão da minha ruiva, até o doce sorriso dessa lindinha! Tão colorido, tão cheio de confetes como é a alegria dessa baixinha!

Álbum peixinhos

8 abr

Álbum peixinho | A4 | 20 folhas color plus coloridas e 20 papel manteiga | Capa dura 2 tecidos | Costura japonesa | Acabamento fita mimosa

Esse álbum foi pedido pela amiga Renata, que é uma amiga tipo irmã, daquelas que sabem tudo da minha vida e divide a vida dela inteira também. Ou seja, é muuuuuito amiga. E por ser tão amiga, até hoje eu não fiz o ábum que ela me pediu assim que comecei com essa história de encadernação. Se bobear foi a primeira encomenda de álbum que tive, e até hoje não finalizei. E ela tentou agilizar o processo: comprou o tecido que queria, escolheu o tipo de papel interno, o formato… e eu, na correria, fui deixando para depois – uma porque surgiram encomendas de pessoas desconhecidas e ela mesma falou para eu passar na frente, depois porque veio o Natal, depois porque estava de férias, e aí chegou o carnaval… e já viu, né? Esse álbum de peixinhos é para ela… dar de presente para o bebê de uma amiga que vai nascer. É amiga, a Páscoa já está chegando… mas sinto que teu álbum também está por vir!